Apex Legends é o battle royale com maior potencial de esport

Projeto da Respawn se tornou um fenômeno inesperado

Apex Legends chegou inesperadamente na última semana e já se tornou um fenômeno de popularidade na indústria dos games. Ultrapassando a quantia de 25 milhões de jogadores em velocidade invejável, o projeto da Respawn, criadora de Titanfall, conseguiu se tornar o holofote ao combinar características de FPS com tanta eficiência. Ele é atrativo por fazer parte do estilo do momento, o Battle Royale, mas consegue trazer novidades ao acrescentar personagens com habilidades únicas, assim acrescentando mais estratégia e profundidade a como o público se relaciona com as possibilidades criadas por cada lenda selecionável.

Ao fazer com que cada personagem possua habilidades únicas, assim como em Overwatch, e manter a dinâmica dos Battle Royale, como Fortnite, Apex Legends cria elementos suficientes para tornar seu estilo de jogo atrativo para os fãs dos games concorrentes – algo que tem facilitado o sucesso do projeto da Respawn, principalmente pelo grande número de streamers aderindo a ele. Por exemplo, Ninja tem feito conteúdo da novidade, mesmo sendo o maior nome da Twitch fazendo transmissões do fenômeno da Epic Games.

Apesar de misturar tais características, Apex Legends não se prende tanto às suas inspirações. A velocidade que cada partida ocorre foge bastante do que muitos jogos de Battle Royale geram, ainda mais pelo dinamismo que é possível na movimentação do jogador. Correr, deslizar pelo chão, usar balão de reposicionamento e poder pular sem sofrer dano de queda permite que rapidamente se chegue em pontos estratégicos pela ilha, facilita fugas e torna o game mais atrativo.

Mesmo que cada personagem tenha habilidades únicas, ainda é difícil de enxergar alguma lenda desbalanceada, principalmente porque suas individualidades tornam-se mais efetivas quando os jogadores conseguem entender melhor os recursos disponíveis. Isso fica ainda mais evidente quando o trio sabe o momento ideal de abusar do que o time dispõe. Por exemplo, o rastreio disponível no Bloodhound antes de adentrar uma nova região, os teleportes da Wraith para melhorar a movimentação da equipe até um ponto específico ou o excelente escudo em área do Gibraltar para proteger o time. Com isso, depende de como cada jogador adquire itens pelo mapa para aumentar seu arsenal durante os confrontos versus os outros times, ainda mais em relação ao potencial que os armamentos possuem por causa de suas raridades.

Por ser jogado apenas em trios até o momento, a comunicação entre os membros da equipe pode ser um elemento fundamental para conduzir a estratégia do time, ainda mais quando inimigos estão se aproximando e uma ação rápida precisa ser executada. Se o time tiver uma formação completa por amigos, facilita a ausência de toxicidade normalmente vista em jogos cooperativos. Caso contrário, torna-se um pouco mais difícil de fugir desse problema. Entretanto, a própria Respawn criou um sistema que evita isso: o Ping, um mecanismo que permite ao personagem mirar para um ponto específico e marcá-lo na tela como um objeto a ser percebido pelos companheiros, assim indicando itens, presença adversária ou o caminho que eles devem seguir.

Apex Legends demonstra grande potencial como próximo FPS a se tornar esport, principalmente pelas qualidades que apresenta dentro do estilo Battle Royale e recursos estratégicos que os jogadores experientes devem tirar máximo proveito. Para continuar seu crescimento, tanto Respawn quanto EA precisam continuar a aprimorar os poucos problemas que o jogo apresenta, incluir novidades técnicas ou cosméticas periodicamente e balanceamentos, caso necessários – ainda mais em março, quando a primeira temporada do game começa. Com isso, o projeto que surgiu do nada gratuitamente demonstra força suficiente para se tornar um dos maiores produtos da indústria em 2019.

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.