Artifact e MTG Arena se apresentam como grandes concorrentes do Hearthstone

Streamers e jogadores já mostram interesse pelos ‘novos’ CCGs

Hearthstone é o CCG (Collectible Card Game) mais popular da atualidade, posto que a Blizzard alcançou com seu jogo enquanto outras desenvolvedoras não conseguiam fazer com que o gênero se tornasse atrativo aos jogadores e telespectadores, assim alcançando hoje a marca de 100 milhões de usuários registrados. Com o sucesso das batalhas em cartas inspiradas no universo de Warcraft, outras empresas decidiram investir no modelo, assim tentando conquistar uma grande parcela do público.

Apesar disso, nenhuma produção conseguiu chegar perto de destronar Hearthstone. Porém, dois novos concorrentes de peso podem mudar esta situação: Artifact, game desenvolvido pela Valve inspirado no universo de Dota, e Magic the Gathering Arena, uma nova adaptação digital ao card game mais influente do mundo. Ambos ainda não chegaram ao lançamento oficial, mas já começam a causar reações nas escolhas de jogadores, streamers e telespectadores, criando hype e atenção aos desdobramentos.

Streamers de grande nome já começaram a criar mais interesse pelo MTG Arena, principalmente aqueles que antes faziam transmissões de Magic Online, a plataforma profissional de Magic: the Gathering – que é obsoleta tecnicamente e com uma estética desagradável. Ao mesmo tempo, alguns que davam foco ao Hearthstone estão dando mais espaço ao card game da Wizard of the Coast, mesmo sem patrocínio. Por exemplo, Savjz tem gastado muito do seu tempo entretendo seus seguidores da Twitch jogando o card game, mas publicando menos vídeos em seu canal do YouTube. Algo semelhante ocorreu com o Noxious, que abandonou o CCG da Blizzard e tem se dedicado exclusivamente ao Arena.

Entretanto, o MTG Arena não tem conquistado efetivamente streamers que gostam muito de Magic: the Gathering. Brian Kibler, que foi profissional na versão física do card game, considera a plataforma da Wizards of the Coast realmente boa, mas tem mantido suas transmissões e vídeos do canal no YouTube focados no Hearthstone.

Em compensação, MTG Arena encontra-se apenas no Beta Aberto ainda, o que naturalmente atrai menos jogadores, principalmente aos que anseiam por grandes competições. Um jogador de alto rendimento que seja ótimo em ambos os card games naturalmente escolheria aquele que pudesse lhe dar o maior retorno financeiro a longo prazo. Este aspecto competitivo deve aumentar no Arena a partir do dia 15 de novembro, quando a plataforma permitirá confronto entre amigos, assim capacitando os pequenos passos para o desenvolvimento de torneios organizados no Battlefy.

O hype por trás de Artifact

Enquanto MTG Arena já está disponível para os jogadores e consegue crescer seu público na Twitch, Artifact tem seu lançamento oficial previsto apenas para 28 de novembro, mas é inevitável não notar o hype que o game já apresenta nos jogadores de CCG. Há muitos motivos para o jogo criar tanta expectativa, principalmente que a Valve não lança um produto novo de apelo popular desde 2012 e que todo o universo do card game é baseado em Dota, uma das maiores franquias dos e-sports.

Nos bastidores ainda há um grande nome na indústria dos games de estratégia: Richard Garfield, aclamado criador de Magic the Gathering e muitos outros jogos digitais e de tabuleiro. Ele tem sido o grande garoto propaganda de Artifact, seja pela forma compreensível que ele explica um CCG com características únicas ou simplesmente pelo renome que ele atrai ao produto.

Durante os dias 10 e 11 de novembro, Artifact vai ter seu torneio de apresentação com 128 jogadores para assim divulgar o CCG ao grande público da Twitch. Coincidentemente, neste mesmo dia o Pro Tour Atlanta de MTG acontece, o que deve causar uma disputa de público na plataforma de streaming. Joel Larsson, profissional de Magic, dispensou sua presença no evento para participar da competição do card game da Valve, mostrando um contentamento com aquele produto e dispensando uma oportunidade que poucos atingem. Stanislav Cifka, ex-profissional de MTG e atual jogador de Hearthstone, já declarou que Artifact é o melhor jogo que ele desfrutou, deixando seus seguidores curiosos com o que ele dará foco nos próximos meses.

Enquanto MTG Arena e Artifact criam estrutura para criarem público em seus jogos, ambos são apenas ameaças potenciais ao reinado do Hearthstone, que já possui um circuito competitivo estruturado e uma grande leva de fãs sempre preparados para assistir boas jogadas e situações randômicas inesquecíveis. Eles podem simplesmente nem chegar perto do que o CCG da Blizzard é hoje em dia e tornarem-se nichos depois que o hype abaixar. Aos que gostam do gênero, não faltam opções para competir, jogar casualmente e acompanhar os grandes profissionais.

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.