Retrospectiva do Campeonato Mundial de League of Legends

Conheça a trajetória do Worlds em suas sete edições realizadas.

Foto: Reprodução Facebook

O Worlds ou Campeonato Mundial de League of Legends é um evento marcado no nosso calendário. Tão amado quanto a Copa, aquele 1 mês nos faz vibrar e torcer mesmo que a quilômetros de distância. Há pouco mais de um mês para o evento de 2018, já estamos ansiosos.

Mas nem sempre foi assim. Na sua primeira edição o torneio era menor e nem tudo era milionário. Os grandes desbravadores do eSports talvez nem lembrem mais quem ganhou pela primeira vez ou qual foi a skin de homenagem. Hoje estamos aqui para fazer uma retrospectiva de todas edições do Worlds, os campeões, sedes, skins e etc. Vamos lá para o nosso vale a pena ver de novo.

O CAMPEONATO PIONEIRO

Em 2011 teve a estreia do primeiro Campeonato Mundial de LOL. Mas esqueça as telas de 3009089m², as luzes e o grande show. Enquanto tudo ainda era mato nos eSports, apenas oito times em volta do globo foram selecionados para a competição. Três times da América do Norte, os americanos Epik Gamer, Team SoloMid e Counter Logic Gamer, três europeus, o francês against All authority, o alemão Team GAMED.D e o inglês Fnatic. Para completar dois asiáticos: Team Pacific das Filipinas e Xan, de Singapura.  Quem era Coreia do Sul em 2011? Who?

Sediado na Dream Hack Summer, em Estocolmo, capital da Suécia, os times disputaram o prêmio de US$99,5 mil entre os dias 18 a 20 de junho. O valor do prêmio foi dividido entre todos os times com o primeiro lugar recebendo US$50 mil.

Começando mal o campeonato, o time inglês Fnatic estreou no Worlds com duas derrotas e um vitória se classificando em terceiro no grupo. Se recuperando na fase de mata-mata, Quartas e Semifinal, chegou à Grande Final vencendo em uma revanche o against All authority.

O torneio atraiu cerca 1,6 milhões de espectadores com mais de 200.000 nas partidas finais.

Desta forma, a Fnatic foi a primeira equipe a receber skins de homenagem do campeonato. Relembre:

Foto: Divulgação

SEASON 02

A edição de 2012 veio muito maior.  A premiação aumentou 20x indo para o prêmio total de US$2.000.000, o primeiro colocado recebendo um milhão de dólares.

Dessa vez com 12 equipes,  os times foram pré-selecionados e nos dias 4 a 6 de outubro rolaram as quartas e semifinails e uma semana depois, dia 13, a grande final. Os times que competiram foram os americanos Team Dignitas, CLG Prime, Team SoloMid, o alemão SK Gaming, os chineses Team We , Invictus Gaming e Taipei Assassins, o começo dos destaques sul coreanos com Azubu Frost e NaJin Sword, o europeu CLG Europe, o russo Moscow Five e por fim o vietnamita Saigon Jokers.

Sediada em Los Angeles na Califórnia, a partida final aconteceu na Universidade do Sul da Califórnia, com um público presencial de 10.000 pessoas e 1,1 milhão de espectadores online.  Para esse público gigantesco, o evento foi transmitido em 13 idiomas. Vencendo por 3 a 1 a equipe Azubu Frost, o time taiwanes Taipei Assassins venceu o campeonato levando o prêmio milionário e recebendo a skin abaixo como homenagem:

 

Foto: Divulgação

O INÍCIO DA HEGEMONIA SUL COREANA

Desde a terceira edição apenas times sul coreanos ganharam o Worlds de LoL. O país que nem tinha time competindo no primeiro campeonato, venceu pelos próximos 5 anos criando a maior rixa dos universo do lolzinho: SKT T1 e Samsung Galaxy. Mas em 2013 o time da Samsung não estava na fila do pão ainda e foi quando o SKT T1 venceu pela primeira vez, mostrando para o mundo seus jogadores campeões, como o mid Lee “Faker” Sang-hyeok,

De novo em solo norte americano, o campeonato aconteceu em Los Angeles, no Staples Center. O prêmio se manteve quase que inalterado com US$2,05 milhões e agora com 14 times.  Mas o número do público ficou gigante: 32 milhões de espectadores total e 8 milhões nas partidas finais.

Com tantos times, o campeonato rolou dos dia 15 de setembro a 9 de outubro. Além do destaque sul coreano com a SKT  T1 vencendo, times de países como a Lituânia (GamingGear.eu),   e Suécia (Lemondogs) participaram da competição e a maior diversidade de equipes de países já consolidados.  “A primeira skin a gente nunca esquece” já dizia os sul coreanos. A gente esquece, então recorde ela:

Foto: Divulgação

A ESTREIA DO BRASIL

Em 2014 o campeonato chegou ao formato que permanece com 16 times divididos em 4 grupos. Sediado em 3 países, a rodadas inicias rolaram em Taiwan e Singapura e a partir das quartas na Coreia do Sul, com a final no Seoul World Cup Stadium.

Incluindo uma maior pluralidade de times, o Brasil participou da disputa desta vez. O time KaBuM! e-Sports se classificou para o torneio. Mesmo não ficando entre os melhores, bateu um orgulhinho de ver um time nosso lá pela primeira vez, né?

Dessa vez a SKT T1 não se classificou mas a Coreia do Sul não deixou de ser representada. Os times NaJin White Shield,  Samsung Galaxy Blue e Samsung Galaxy White estavam lá e o último ainda levou o título.

O BICAMPEONATO

Ressurgindo como uma fênix, em 2015 a SKT T1 voltou e levou o título de novo, se tornando o único time bicampeão e mantendo os sul coreanos como vencedores.

As partidas  inicias aconteceram em Paris e Londres, enquanto as quartas em Bruxelas e a final no estádio O2 World Stadium, na Alemanha. A premiação foi de cerca de US$2,13 milhão com o primeiro lugar levando um milhão para casa.

Entre os 16 times, o primeiro vencedor, Fnatic conquistou o terceiro lugar e pela primeira vez um time espanho competiu ficando com o quarto lugar, o Origen. O Brasil voltou a competir com o time paiN Gaming, que alcançou melhores resultados que no ano passado. Mas não tinha ninguém para a supremacia do SKT T1 que cruzou o campeonato invicto em 1º lugar.  A Grande Final com o também sul coreano KOO Tigers, um adversário difícil, acabou dando o já campeão vencendo por 3 a 1. Veja a segunda skin da equipe:

É TRI

De volta para os EUA quatro anos desde a última edição lá, o Worlds volta como um evento gigante. Também no Staples Center agora a audiência simultânea da Grande Final era de 14,7 milhões  transmitido em 18 idiomas em 23 canais.  Com duração de um mês, os totais no final do evento foram milionários.

O prêmio de 2012 parece pouco se comparado com 2016: o já campeão, SKT T1 levou para casa o total de US$ 2.680.000 dólares e a Taça dos Invocadores, a primeira a ser bicampeã consecutiva e a ter três títulos. Esse foi o ano que a Riot Games passou a reverter parte do lucro da competição para o prêmio final do primeiro lugar.

O Brasil se classificou esse ano com a equipe INTZ e-Sports, uma das equipes vencedoras do CBLoL da época mas não teve um desempenho tão bom ficando em 14º lugar.

Foto: Divulgação

NÃO FOI TETRA

O torneio do ano passado teve algumas mudanças na sua estrutura. Os times eram classificados até então pelo International Wildcard Championship Qualifier que acontecia por microrregiões. Agora, alguns time vão diretamente para a fase de grupos, e outros que tenham bom desempenho no torneio da Mid Season vão para a “Fase de Entrada”, competindo por uma vaga na Fase de Grupo. A alteração no campeonato permitiu maior diversidade de times tentando participar do Worlds.

Pelo 5º ano consecutivo deu Coréia, mas dessa vez tivemos um plot twist inesperado: vencendo por 3×0 a Grande Final, a equipe Samsung Galaxy atropelou o maior campeão até então, SKT T1. No Estádio Nacional de Pequim, 40 mil pessoas assistiram ao vivo a derrota enquanto outros 57,6 milhões assistiam por stream. O pico de público online por incrível que pareça foi na Semifinal entre SKT e RNG.

A China foi sede do evento gigantesco entre os dias 05 de outubro e 04 de novembro. O time brasileiro Team oNe eSports não conseguiu se classificar para a Fase de Grupo.

Foto: Divulgação

O QUE ESPERAR DE 2018?

Esse ano o evento acontecerá novamente na Coreia do Sul, nas cidades de Seul (Fase de Entrada), Busan (Fase de Grupos e Quartas-de-final), Gwangju (Semifinal) e  Incheon a Grande Final, entre os dias 1º de outubro e 3 de novembro.

As 24 equipes ainda estão competindo para se classificarem na Fase de Entrada do Worlds. A equipe vencedora da segunda etapa do CBLoL 2018, no dia 08 do próximo mês ganhará uma vaga para a primeira rodada da competição

Se liga nas datas e não perca o Worlds 2018 de LoL:

FASE DE ENTRADA

De 1 a 4 de outubro

De 6 a 7 de outubro

FASE DE GRUPO

De 10 a 17 de outubro

QUARTAS DE FINAL

De 20 a 21 de outubro

SEMIFINAL

De 27 a 28 de outubro

FINAL

Dia 3 de novembro.

 

COMENTÁRIOS

Jornalista padawan, sou apaixonada pelo universo dentro das telas. Seja as novas sagas do cinema, games, discos ou séries da HBO, o universo da cultura pop (ou não tão pop assim) é o meu mundinho que tanto amo explorar e quero compartilhar isso com vocês.