Toxicidade é o maior problema dos games atuais

Desenvolvedoras e público sofrem as consequências disso

Gamers acostumados a interagir com outros jogadores dentro dos chats de conversas dos próprios jogos ou pelas comunidades enfrentam diariamente situações de desrespeito. A toxicidade tem sido um problema gigantesco porque afasta os usuários do consumo de produções que requerem trabalho em equipe ou agregam uma imagem negativa àquele produto.

O abuso dos usuários em desrespeito aos membros da comunidade afeta a indústria diretamente, já que as desenvolvedoras precisam lidar com tais problemas ao criar recursos que limitem a toxicidade. Entretanto, este controle é lento e falho, ainda mais quando os ataques podem ser feitos dentro de fóruns ou redes sociais, causando um abandono massivo de jogadores.

Caso Ellie

Atualmente o cenário de Overwatch passa pela discussão envolvendo Ellie, uma jogadora que apareceu repentinamente com destaque porque havia sido anunciada como uma das atletas do time Second Wind, que participa do campeonato Contenders. Entretanto, ninguém a conhecia, ela não se comunicava por áudio durante as partidas e estava num elo altíssimo do FPS com ninguém tendo conhecimento dela. Isso fez com que a comunidade do game da Blizzard começasse as teorias de conspiração, além dos ataques a ela durante as partidas pelo chat de mensagens.

Poucos dias depois, Ellie anunciava seu afastamento do Second Wind por causa de toda a conspiração que havia começado e pressionada com tudo aquilo. Até agora não se sabe a conclusão de quem realmente seria a Ellie, mas tudo indica que ela era outro jogador usando este nome como experimento social dentro da comunidade. Se este for o caso, foi efetivo por conseguir mostrar como a comunidade de Overwatch se mobilizou rapidamente para desvendar e insultar àquela pessoa.

Overwatch possui uma das comunidades mais tóxicas da atualidade, algo que se reflete nos grupos do jogo por redes sociais e sites especializados em games. O FPS da Blizzard sofre com isso consistentemente e tem causado problemas aos desenvolvedores nos últimos anos. Jeff Kaplan, diretor do jogo, já afirmou inúmeras vezes que a desenvolvedora tem se preocupado bastante com estes casos e que melhorias para isso se tornam prioridade da equipe. Na Coreia do Sul, por causa das leis mais rígidas envolvendo esportes eletrônicos, 18 mil contas já foram banidas por mau comportamento.

Entretanto, o próprio sistema de reportar jogador não é tão eficiente como esperado, principalmente quando existe tanta facilidade para que a pessoa faça um novo perfil nos consoles. A toxicidade aparece normalmente em forma de sabotagem de jogo ou abuso de comunicação, seja pelas frases prontas estabelecidas ou com insultos diretos. Xenofobia e ofensa às minorias são constantes, assim afastando jogadores de partidas competitivas ou até mesmo de jogos casuais. Diversos casos de machismo ganham destaque em diversas comunidades, o que já mobilizou criadores de conteúdo a darem destaque a estes casos através da #MYGAMEMYNAME.

Impacto negativo no desenvolvimento dos games

Jogos cooperativos acabam se tornando dependentes de sistemas punitivos severos, mas para isso a desenvolvedora precisa tornar-se eficiente em fazer isso. Por isso, elas precisam que grande parte da equipe seja focada nisso, tanto por causa de jogadores que prejudicam as partidas através de sabotagem na estratégia da equipe ou avaliando as denúncias escritas pelos usuários.

Alguns games já possuem sistemas limitados de comunicação entre os jogadores para tentar diminuir os insultos que podem existir entre eles, assim só possibilitando interação primária por frases prontas básicas que podem ser desligadas. Mesmo assim o mau comportamento ainda existe, seja usando a comunicação limitada como provocação no final da partida ou após os pedidos de amizade entre os dois usuários serem aceitos.

Infelizmente, os problemas de toxicidade devem continuar existindo pelo que ocorre atualmente na relação humana com as outras pessoas, online e offline, exceto se as punições forem exatamente efetivas, como a Coreia do Sul tem feito com determinação. Enquanto isso, os jogadores continuarão passando por situações de desconforto por causa dos gamers tóxicos que preferem estragar a diversão das pessoas ou ofendê-las por inúmeros motivos ainda mais preocupantes na sociedade.   

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.