Cinco pokémon que merecem Dia Comunitário em 2019

Evento especial do Slakoth acontece em junho

Dia Comunitário é o principal evento mensal do Pokémon GO desde o ano passado. Dificilmente algum treinador fica sem tentar pegar aquele monstrinho querido que ganha pela primeira vez sua versão shiny ou simplesmente terminar o dia com a última evolução tendo um ataque especial. Durante este ano, Totodile, Swinub, Bagon, Treecko e Torchic já foram os escolhidos dos meses anteriores, enquanto junho tem a preguiça Slakoth já garantida. Por isso, fizemos uma lista com cinco pokémon que merecem participar das próximas edições de 2019.

Mudkip

Mudkip é uma das apostas mais fáceis de se fazer para qual pokémon ainda deve aparecer nos próximos eventos de Pokémon GO. O motivo principal disso é que os outros iniciais de sua geração, a terceira, já ganharam evento em 2019: Treecko e Torchic, assim restando apenas o tipo água de Hoenn para finalizar esse ciclo. Sua versão shiny perde a tonalidade azul e torna-se lilás, da mesma forma que o Lapras. Sua última evolução poderia receber ataque especial de qualquer um dos seus dois tipos, assim abrangendo as possibilidades para a Niantic. Para quem participa das ligas de PvP até 1500, tanto Marshtomp quanto Swampert são ótimas opções, algo que poderia melhorar ainda com um ataque carregado mais poderoso.   


Ralts

Ralts é um dos pokémon psíquicos mais carismáticos da terceira geração, principalmente por causa da forma deslumbrante que adquire com sua última evolução para Gardevoir. Entretanto, o monstrinho também possui outro estágio final caso seja macho, assim se tornando Gallade. Além de psíquico, ele também pode ganhar os tipos fada e lutador, assim aumentando as possibilidades que cada jogador poderia ter com tantos capturados no Dia Comunitário. O maior problema seria a obrigatoriedade de um ataque carregado coerente para as duas versões finais dele.

Porygon

Poucos pokémon da primeira geração poderiam ser o monstrinho especial do Dia Comunitário, entretanto Porygon ainda não é tão comum entre os treinadores pela dificuldade de consegui-lo apenas em ovos, algo que diminui a chance de ter sua última evolução, vários doces dele para aumentar CP ou inserir o terceiro ataque. Entretanto, para garantir Porygon 2 e Porygon Z a Niantic precisaria dar as pedras evolutivas necessárias, assim como foi feito durante o evento de Swinub.

Oddish

Outro pokémon da primeira geração que merece Dia Comunitário é o Oddish. Mesmo não sendo um monstrinho poderoso para PvP e reides, ele possui duas evoluções diferentes em seu último estágio: Vileplume e Bellossom – que precisa da pedra solar. Com isso, todos os treinadores poderiam conseguir quatro variações de shiny dessa família no evento. Provavelmente o ataque carregado especial seria Frenzy Plant, assim como aconteceu com Sceptile, Meganium e Venusaur.


Gible

Esse é o pokémon mais improvável da lista e eu já imagino quem poderia ser o substituto para ele entre os monstrinhos já existentes no Pokémon GO: Trapinch. Entretanto, não creio que a comunidade o deseje nos próximos eventos por o adquirir tantas vezes em ovos de 10km, por isso prefiro sonhar que Gible, mesmo tendo sido inserido no jogo recentemente, mereça um Dia Comunitário pra ele. Garchomp e Flygon possuem as mesmas fraquezas por causa dos tipos Dragão e Terrestre, entretanto os status do primeiro são muito mais expressivos.

Pokémon GO não tem tantas opções disponíveis para seus próximos eventos de Dia Comunitário, mas ainda há uma grande quantia de monstrinhos que merecem destaque. Além dos citados na lista para o segundo semestre, é esperado que a Niantic repita o que houve em Dezembro de 2018 e coloque todos os pokémon celebrados do ano no último mês.

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.