Evento tem brasileiro medalhista, Sonic Fox campeão e novo recorde de Super Smash

A EVO 2019 do último fim de semana mostrou novamente como o cenário competitivo dos jogos de luta é um dos mais consolidados ao redor do mundo mesmo não tendo suporte financeiro como outros gêneros. O evento manteve seu alto nível competitivo, mas dessa vez chamou atenção pelas novas formas de afeto entre os competidores, sucesso de telespectadores na Twitch e a ascensão de campeões novatos e experientes.

O brasileiro DidimoKOF é o primeiro competidor do país a garantir medalha na EVO por ficar na sétima colocação de Samurai Shodown. Três nomes consagrados ficaram nas melhores posições do pódio – Justin Wong em terceiro, Kazunoko em segundo e Infiltration como campeão. 

A animação de DidimoKOF ao receber sua medalha na EVO é um dos grandes momentos do evento, mas nenhum deles consegue ser tão simbólico do que o confronto de SonicFox e GO1 na grande final de Dragon Ball FighterZ. Os dois haviam se enfrentado em 2018 pela mesma modalidade na disputa do título, mas o atleta da EchoFox tornou-se campeão. Dessa vez, o jogador japonês se mostrou superior e não conteve as lágrimas. 

Rivalidade e respeito andam lado-a-lado dentro do cenário dos jogos de luta, principalmente entre os competidores de nível mais alto. A demonstração de afeto de GO1 e SonicFox é fantástica pela emoção do atleta japonês e pela forma carinhosa que o adversário lida com a própria derrota, assim entendo como o oponente se sente. Duas reações distintas e únicas para o ápice de emoção e concentração de ambos dentro do torneio. 

Apesar da derrota em Dragon Ball FighterZ, SonicFox não saiu sem títulos na EVO 2019. O atleta conseguiu jogar no mesmo dia a final de Mortal Kombat 11 e derrotar Dragon. Entretanto, não foi apenas ele que mostrou a força dos jogadores experientes no evento. Bonchan venceu Big Bird na grande final de Street Fighter V, ambos patrocinados pela Red Bull, num confronto cheio de emoções e com execuções sensacionais de perfect por ambos os jogadores.

Street Fighter V não foi dessa vez a modalidade a encerrar a EVO, tendo Tekken 7 e Super Smash Bros Ultimate na sequência. O jogo da Bandai Namco teve Arslan Ash campeão com sua Kazumi liquidando os lutadores escolhidos por Knee. Apesar do confronto, o que mais chama atenção é a forma que o paquistanês conseguiu chegar até o topo do evento. Ele só pode participar por causa do programa de incentivo eFightPass, que facilita a aquisição do visto para competidores de locais com regiões rejeitadas por causa das leis dos Estados Unidos.

Super Smash Bros Ultimate finalizou a EVO quebrando recorde de telespectadores assistindo ao evento, com cerca de 279 mil. Mesmo que a Nintendo não invista no cenário competitivo da modalidade, o jogo é adorado há muito tempo pelos fãs, o que fez o game ter vendido tanto ao redor do mundo. O mexicano MKLeo conseguiu fazer o seu Joker ser praticamente perfeito numa grande final bastante emocionante contra o Pokémon Trainer do Tweek, assim levando o título do torneio com mais participantes da história da EVO.

A EVO 2019 enaltece a comunidade de jogos de luta pela qualidade técnica demonstrada pelos competidores, ao revelar nomes para o mundo que não são tão conhecidos, contar histórias emocionantes durante confrontos competitivos e revelar as novidades dos games do gênero. O evento existe há muito tempo como um dos mais importantes nos e-sports, mas merece muito mais reconhecimento e investimento por tudo que ele representa ao redor do mundo como espetáculo e cultura.

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.