Remakes de games clássicos são apostas seguras da indústria

Estúdios revisitam obras de sucesso para garantir lucro de vendas

A indústria dos games tem apostado em remakes de jogos clássicos nos últimos anos, assim garantindo o sucesso de vendas com a nostalgia dos fãs. Os exemplos mais recentes disso são Resident Evil 2 e Pokémon Let’s GO, mesmo que possuam mudanças importantes em relação ao original. Ao mesmo tempo, algumas franquias são resgatadas com novas características, como Devil May Cry e God of War, dois dos maiores influentes no gênero hack and slash. O problema fica quando essas atualizações modificam o conceito básico, algo que a Square Enix parece fazer com Final Fantasy VII, assim o tornando menos fiel ao estilo japonês de RPG.

Apesar de ainda ter grandes estúdios apostando em vários jogos de franquias iniciantes, como a CD Projekt com o Cyberpunk 2077, a Respawn com Apex Legends e a From Software com Sekiro: Shadows Die Twice, os fracassos de alguns destes projetos minam produções futuras. Um exemplo claro disso é o fracasso de Anthem, que parecia um dos jogos mais promissores de 2019, mas é mais reconhecido por seus problemas. Com isso, torna-se mais natural que produções de sucesso no passado sejam recolocadas no mercado para garantir os lucros dos estúdios.

A Capcom apostou no retorno de duas franquias de sucesso em 2019: Resident Evil e Devil May Cry. Enquanto o jogo de zumbis ganhou um remake de seu segundo jogo, um dos mais queridos pelos fãs, Dante retornou com mecânicas e conceitos mais abrangentes para o pouco profundo hack and slash que o tornou popular. Esses dois exemplos mostram como o mesmo estúdio consegue entender bem como seus produtos precisam ser criados e quais tipos de público-alvo cada um deles deseja atingir. RE:2 é um mergulho nostálgico para quem controlou Claire e Leon por Raccoon City no Playstation. DMCV ampliou o repertório das tramas demoníacas tanto em jogabilidade quanto em personagens, mas ainda manteve a essência dos anteriores.

Esse essência não parece existir no remake de Final Fantasy VII, principalmente no seu estilo de jogabilidade. No game clássico da Square Enix, o combate entre turnos, comum nos RPGs japoneses, era uma das estruturas básicas de sucesso do jogo, algo que não existirá na nova versão. Essa mudança tende a transformar o game em algo mais acessível aos jogadores do ocidente que preferem mais ação, mas vender menos entre o público oriental. Ainda é cedo para entender como um jogo tão grande vai ser recriado por completo em questões narrativas e de jogabilidade para essa geração, mas deve ser uma reformulação bastante grande ao que foi anteriormente.

God of War é o maior exemplo de resgate de franquia repaginada. Mesmo que o último game da franquia não seja um remake, mas sim uma continuação da jornada de Kratos, o jogo é uma experiência muito diferente das produções anteriores – algo que engrandeceu muito a obra e a tornou tão merecedora de prêmios. O protagonista ganhou profundidade ao lidar com seu passado sombrio e ao cuidar do filho, ao mesmo tempo que as dinâmicas de combate tornaram-se menos agressivas e mais estratégicas. Portanto, o caminho adotado pela Santa Monica Studio é um dos mais complexos e invejáveis da indústria nos últimos anos, já que eles reviveram o personagem e o remodelaram como alguém mais interessante como produto para outros tipos de mídia, como o cinema.

Remakes de games de sucesso vão continuar aparecendo, seja com um novo tipo de continuação que recria a franquia, atualizando os gráficos para a geração atual ou simplesmente o tornando mais palatável a um público diferente da versão original. A indústria precisa de novas marcas de sucesso, como Monster World conseguiu nos últimos anos, mas é revivendo sucessos de outrora que têm garantido os lucros de várias empresas nos últimos anos. Nostalgia vende bastante, principalmente acompanhada de uma ótima jogabilidade.

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.