Wizards Unite aprimora conceitos de Pokémon GO dentro do Mundo Bruxo

Jogo é um prato cheio para os fãs do universo de Harry Potter

Wizards Unite é a versão de Pokémon GO que a Niantic criou para o universo de Harry Potter. Assim como o jogo de monstrinhos da Nintendo, o game mobile faz com que os jogadores procurem por objetos, memórias, pessoas, animais ou itens pelas ruas para poder devolvê-los ao Mundo Bruxo. Entretanto, ele é muito mais complexo pelas possibilidades de RPG que estão presentes na forma que você define os pontos da profissão do seu personagem ou como gerência seus recursos.

Na história do jogo, um evento conhecido como catástrofe acontece e espalha diversos elementos do Mundo Bruxo na nossa realidade, assim obrigando que o Ministério da Magia evoque seus funcionários como emissários capazes de realizar o retorno deles para a o seu devido local e evitem transtornos com os trouxas. Com essa base, a Niantic replica o conceito de Ingress e Pokémon GO para essa nova adaptação das obras de J.K. Rowling para os games.

Todos os jogadores podem montar seu personagem escolhendo vários aspectos básicos que são importantes para enfrentar os elementos mágicos ou até mesmo na customização do bruxo. É possível decidir as características da varinha, sua casa em Hogwarts, modificar a foto de perfil usando a realidade aumentada e profissão preferida no Ministério da Magia – Auror, Magizoologista ou Professor. Cada um deles possui vantagens e fraquezas, assim equilibrando as três funções. Apesar de você ser obrigado a escolher uma delas a partir dos níveis iniciais do jogo, é possível trocá-la sem nenhum custo, porém as lições aprendidas na classe anterior não são transportadas para a nova, assim permitindo os bônus nos status apenas quando determinada especialidade estiver ativa.

Para quem é fã dos livros e filmes sobre o Mundo Bruxo, Wizards Unite é repleto de referências ricas. Por exemplo, você precisa encontrar memórias de momentos memoráveis que foram para as telonas, como o Bicho-Papão aparecendo na frente de Rony Wealey e se transformando numa aranha gigantesca. Se você acertar o feitiço Riddikulus, ela ganhará os patins nas patas, perderá o equilíbrio e será nocauteada rapidamente, assim salvando o jovem. Tresálios, filhotes de hipogrifos, Berradores, edições do Pasquim, Murta Que Geme e muitos outros elementos icônicos criados por J.K. Rowling são encontrados pelo mapa.

É preciso gerenciar muito bem seus recursos para não esgotá-los rapidamente ou gastar espaço desnecessário no cofre com ingredientes para as poções. Como não é possível carregar muitos itens da mesma seção, o jogador se vê rapidamente obrigado a descartar alguns deles ou gastar suas moedas de ouro para aumentar o espaço de armazenamento. Entretanto, nada é mais importante do que a Energia Mágica. Sem ela é impossível conjurar nenhum tipo de feitiço, assim impossibilitando quase todas as possibilidades dentro do jogo. Entretanto, itens, moedas e até energia podem ser adquiridos com missões e bônus diários.

É inevitável comparar Wizards Unite com Pokémon GO, seja pelo desenvolvimento da Niantic em ambos ou pelo jogo mais recente se apropriar de dados já existentes no anterior para criar estalagens e estufas pelo mapa do mundo real. Entretanto, eles são bem incomuns como propostas, já que os monstrinhos de bolso se tornaram objetos de colecionismo e se aventurar no Mundo Bruxo demanda mais complexidade – algo que pode ser um grande impeditivo de torná-lo um sucesso enorme nas primeiras semanas de lançamento. Até mesmo o simples balançar da varinha pede uma precisão muito maior do que o arremesso de pokébolas.

Apesar das semelhanças que existem entre os dois, Wizards Unite é um jogo mais refinado em áudio, principalmente pelo bom uso da trilha sonora clássica de Harry Potter, quanto pela forma que as animações funcionam. Elas complementam de forma rica os encontros com elementos importantes do Mundo Bruxo. Por exemplo, o Armário do Sumidouro mostra dois personagens sendo teleportados pelo objeto ou até mesmo usando a Chave de Portal com a Realidade Aumentada para vasculhar os Zonzóbulos num ambiente totalmente especial que você é transportado. O agravante dessas melhorias técnicas é obrigar ao usuário um celular que consiga dar conta, já que ele é claramente mais pesado.

Wizards Unite é um excelente aprimoramento do trabalho da Niantic com Ingress e Pokémon GO, mas dessa vez com o suporte de Portkey Games e Warner Bros Games San Francisco, que deve ter sido influente para gerar a atmosfera perfeita ao adentrar no Mundo Bruxo. O jogo, mesmo em seus primeiros dias de vida, é repleto de tarefas diferentes, assim não se tornando repetitivo rapidamente. Entretanto, ele não é tão simples de jogar e pouco carismático a quem não conhece a fundo as criações de J.K. Rowling, o que pode limitá-lo a um público reduzido nos primeiros meses. 

Wizards Unite pode ser baixado para iOS e Android gratuitamente.

COMENTÁRIOS

Durante pesquisa e produção de textos, é encontrado com a alcunha de Lazyguga em partidas de Overwatch, Clash Royale e MTG Arena ou conquistando ginásios no Pokémon GO.